sábado, fevereiro 27, 2010

Quando a mão do Homem agrava as consequências de uma catástrofe natural

.
Já em Abril de 2008, no programa televisivo "Biosfera" da RTP2, foi traçado um cenário premonitório daquilo que se abateu sobre o Funchal no passado fim-de-semana. Nessa altura, alertou-se para as alterações e construções que interferiram com as linhas de água aí existentes. Ora vejam a peça de vídeo (para ver todo o programa, clicar aqui e aqui):
.

.
Entretanto, técnicos da Câmara Municipal do Funchal, entre estes uma geógrafa, deitaram mãos à obra na construção de um mapa com o levantamento dos pontos mais afectados pela catástrofe natural que atingiu a Madeira. Leiam aqui a notícia do jornal Expresso e consultem o mapa clicando sobre o mesmo para terem acesso a uma versão em PDF, que se pode consultar com um grau de grande detalhe, aumentando o respectivo zoom.
.
.

4 comentários:

Anónimo disse...

Se os edifícios fossem bom construídos, haveria sempre o risco de acontecer esta catástrofe mas era menor.


Ass.: Ana C.,7ºE nº 2

Anónimo disse...

Lá na Madeira está mesmo muito mal.
tenho lá uns familiares que morreram.Não os conhecia mas a minha avó diz que está pécimo.

7ºE Nº9

Anónimo disse...

Na Madeira esta tudo muito mal.
Todos devemos ajudar, o Portugal continental esta a fazer muito para ajudar a madeira e toda a ajuda é bem vinda!

7E4

Anónimo disse...

Este acontecimento que ocorreu aproximadamente a um mês na Madeira já era previsível
em 2008 devido às alterações climáticas.



A.R.T 7ºEnº3